5 lugares na Itália fora do comum

A Itália é um país cheio de cidades incríveis para conhecer. Quando falamos em viajar pela Itália, muitas pessoas pensam somente nos grandes centros turísticos, como Roma, Milão ou Veneza. Mas o país tem cantinhos e cidades maravilhosas que normalmente fogem de roteiros comuns.

Bom, para sair um pouco do convencional, pensamos em alguns destinos menos conhecidos mas tão incríveis quanto. Veja só:

Fiordo di Furore

Praticamente escondida na agitada estrada que liga Positano a Amalfi, fica Furore, uma pequena vila italiana que parece passar despercebida perto de suas vizinhas badaladas. E é onde fica uma das praias mais fotogênicas da Costa Amalfitana, o Fiordo di Furore.

A pequena praia oferece paz e beleza, história e natureza, mas também momentos surreais e emocionantes. Visitar esse cantinho, sem dúvida, vai fazer diferença na sua viagem.

Aliás, todos os anos, em julho, ocorre a competição de mergulho de grandes alturas, o Marmeeting. Mesmo que você não queira tomar banho, vale ir pelo lugar e pela vista!

bairro E.U.R.

Bairro EUR – Créditos: Roma pra você

Roma, conhecida como a Cidade Eterna, também nos surpreende com lugares incríveis e escondidos, além dos clássicos conhecidos. Como o E.U.R., um bairro de arquitetura moderna que quer dizer “Exposição Universal Romana”.

Ele foi planejado para celebrar, de forma monumental, os 20 anos da vitória de Mussolini e da instauração do fascismo italiano. O complexo urbano foi construído também para hospedar a exposição universal de 1942, imitando as exposições de Londres e de Paris.

Se você gosta de passeios um pouco diferentes, e quer conhecer a arquitetura moderna de Roma, esse é o lugar!

Os pontos de destaque do bairro são: o Laghetto, próximo ao metrô e ótimo para tomar um ar; o Palazzo della Civiltà del Lavoro, também conhecido como Colosseo Quadrato; o Luneur Park, para ir com as crianças; e Il Giardino delle Cascate, um lindo jardim com cascatas que oferece passeio de barco.

vulcão Etna

Quem diria que você poderia ir para a Itália para conhecer um vulcão? E não estamos falando do Vesúvio, não (aquele que foi responsável pelas vítimas de Pompéia). E sim de Etna, o maior vulcão em território italiano, um dos mais altos, com 3343 m de altitude, e mais ativos do mundo.

O vulcão fica localizado dentro do parque regional Parco dell’Etna e fazer uma excursão até lá é um passeio incrível para quem visita o leste da Sicília. Você não precisa nem chegar muito perto da montanha. Em Catânia, a 35 km do parque, de onde quer que você esteja, basta olhar para o alto que conseguirá avistar aquela imensa chaminé.

A magnitude do vulcão Etna é difícil de descrever e é marcante para quem conhece. Mas se quiser fazer uma trilha e ver alguma de suas crateras, certamente será numa aventura e tanto.

Perugia

A Perugia é uma oportunidade para um roteiro diferente, pois é uma cidade muito movimentada e não muito grande. A capital da Úmbria é certamente uma das mais belas cidades italianas e com muita diversidade.

Você pode passear de Minimetrô na parte moderna da cidade, ou pelo bairro medieval subterrâneo, ou ainda conhecer a Piazza IV Novembre, uma praça bastante requisitada, também conhecida como a Piazza Grande, o centro monumental da cidade de Perugia.

Italianos associam Perugia ao chocolate. Lá nasceu uma famosa marca de chocolate, Perugina, e é ela que produz os famosos bombons “Baci” (beijos, em italiano). Além disso, durante o ano acontecem vários festivais, como o Eurochocolate, em outubro, e o Umbria Jazz Festival, em julho.

Craco

Craco é uma vila italiana abandonada, localizada na região da Basilicata, na província de Matera. Apesar de estar vazia há muito tempo, a beleza do lugar ainda impressiona. A vila fica no topo de um penhasco, a cerca de 396 metros e tem uma vista privilegiada para um belo vale abaixo dela.

Porém, é uma região de muitos desastres naturais como terremotos, deslizamentos de terra e inundações. Tais eventos causaram a sua ruína e fizeram com que as pessoas fossem saindo dali aos poucos, assumindo com o tempo a aparência de uma cidade fantasma.

Visitas guiadas também oferecem sugestões de tipo cinematográfico, visto que muitos filmes foram rodados em Craco, como “Cristo parou em Eboli” (1979) por Francesco Rosi, “A Paixão de Cristo” (2008) de Mel Gibson e “007 – Quantum Of Solace” (2008).

By: pixabay

É muito legal ver como a Itália é um país diverso e cheio de surpresas misturando coisas antigas e modernas. Gostamos de pensar diferente e valorizamos os gostos de cada grupo. Fale com a gente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe este post

Mais Posts