6 atividades para não deixar de fazer na Turquia

Ir para Turquia e não aproveitar o melhor que o país tem a oferecer seria uma tremenda mancada, não é mesmo?

Por isso, para não te deixar perder as atividades mais interessantes desse lugar tão maravilhoso, separamos uma lista do que você não pode deixar de fazer na sua viagem.

Continue lendo e descubra quais.

1 . águas termais de Pamukkale 

As formações calcárias de Pamukkale, também conhecidas como Castelos de Algodão, fazem parte das atrações mais visitadas na Turquia, principalmente pelas nascentes de água quente. 

Com o passar dos séculos, o que eram piscinas termais formaram bacias gigantescas de água que descem em cascata através de uma colina; é algo lindo de ver e mergulhar nessas águas é com certeza uma experiência imperdível. 

Bacias termais de Pamukkale – Turquia

2. conhecer o litoral turco

O litoral sudoeste da Turquia, banhado pelo Mar Mediterrâneo e pelo Mar Egeu, é um dos destinos mais procurados durante o verão turco. São mais de 8 mil quilômetros com águas azul turquesa, montanhas, florestas e ainda ruínas históricas.

A principal cidade da região é a Antália que, inclusive, é considerada a capital do turismo do litoral. A Riviera turca possui mais de 200 praias como as maravilhosas Olympus, Alanya, além da Patara, a maior praia do país. 

É um amante de tartarugas?

Então você vai amar conhecer a praia de Iztutu, também chamada de Turtle Beach, onde é possível presenciar a procriação das tartarugas. 

Praia Iztutu

3. passeio de balão na Capadócia 

A Capadócia é uma região única, provavelmente com as paisagens mais lindas que você verá. 

Conhecer e hospedar-se nas cavernas, andar pelas montanhas e aprender sobre toda a história que envolve sua população já faz qualquer turista ficar satisfeito com a experiência.

Porém, se quiser superar ainda mais suas expectativas, você pode fazer um passeio de balão já nas primeiras horas da manhã. Ter a oportunidade de ver o sol nascer em um céu repleto de outros balões é algo lindo, emocionante e indescritível.

Passear de balão pela Capadócia é uma oportunidade única de observar as formações geológicas por outro ângulo, além do contraste de cores do céu ao amanhecer com as cavernas e toda a cidade. 

Passeio de balão na Capadócia

4. visitar o Grand Bazar

O Grande Bazar em Istambul foi o primeiro centro comercial do mundo e está entre os maiores mercados cobertos que existem, com 60 ruas e 5.000 lojas, restaurantes e cafés.

Lá você consegue encontrar de tudo: tapetes, chás, doces típicos, especiarias, artesanatos de todas as formas, tamanhos e cores. Esta é uma das atrações turísticas mais visitadas e procuradas da Turquia, então prepara-se para dividir o lugar com bastante gente.

Grand Bazar em Istambul

5. conhecer as ruínas de Éfeso

Éfeso é a cidade da Turquia onde estão localizadas as ruínas mais importantes de todo o país. 

Durante o império Romano, era considerada uma das cidades mais importantes do mundo antigo, atrás apenas de Roma. 

Antes do domínio romano, fazia parte do território grego. Por isso, é um lugar que tem muito a mostrar.

Se você é um historiador de plantão ou um historiador amador, o destino é um presente dos tempos antigos, pois lá ainda é possível encontrar marcas de uma sociedade passada.

Ruínas de Éfeso – Turquia

6. visitar a Basílica de Santa Sofia

A Basílica de Santa Sofia, também conhecida como Hagia Sophia, é um dos maiores símbolos do Império Bizantino e uma sobrevivente da época e arquitetura medieval. 

É famosa por sua enorme cúpula e é considerada uma revolução arquitetônica a nível mundial, tendo servido de inspiração para a construção da Mesquita Azul, da Mesquita Rüsten Pasha, entre outras.

Uma curiosidade interessante para os turistas é que, apesar do nome, ela não é dedicada à Santa Sofia. Sofia ou Sophia é uma transliteração fonética em latim da palavra “sabedoria”; em grego, o nome completo da igreja significa “Igreja da Santa Sabedoria de Deus”. 

Por muito tempo foi uma Igreja Cristã Ortodoxa Grega e atualmente, depois de uma decisão dos turcos, está transformada em uma mesquita. No entanto, isto não diminui em nada a maravilha que é conhecer este lugar e todos os detalhes históricos contidos nele. 

Basílica de Santa Sofia em Istambul
Interior da Basílica de Santa Sofia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe este post

Mais Posts