15 de maio de 2024

As pirâmides de Gizé: uma das maravilhas do Egito Antigo

As Pirâmides de Gizé continuam a atrair a atenção de viajantes de todo o mundo. Estes monumentos imponentes são testemunhas da grandeza e engenhosidade dos antigos egípcios. Neste guia completo, vamos explorar tudo o que você precisa saber antes de visitar as Pirâmides de Gizé, no Egito Antigo. As três pirâmides no Egito Antigo As […]

   

As Pirâmides de Gizé continuam a atrair a atenção de viajantes de todo o mundo. Estes monumentos imponentes são testemunhas da grandeza e engenhosidade dos antigos egípcios. Neste guia completo, vamos explorar tudo o que você precisa saber antes de visitar as Pirâmides de Gizé, no Egito Antigo.

as famosas Pirâmides de Gizé, no Egito

As três pirâmides no Egito Antigo

As Pirâmides de Gizé estão localizadas na cidade de Gizé, a cerca de 20 quilômetros do centro do Cairo. As pirâmides de Quéops, Quéfren e Miquerinos são os destaques do complexo de Gizé. Construídas como túmulos para os faraós, essas estruturas imponentes são verdadeiras maravilhas arquitetônicas que resistiram ao teste do tempo. 

Ainda durante a vida, os faraós mandavam construir não só a pirâmide, mas também os respectivos templos, chamados de templos do Vale, além do templo funerário. As esfinges, em duplas, guardavam a porta desses templos. O complexo conta também com a Grande Esfinge, a única que resistiu ao tempo e que é uma estátua de pedra calcária que representa uma esfinge localizada no planalto de Gizé, na margem oeste do rio Nilo, em Gizé, Egito. O rosto do monumento é considerado como uma representação do rosto do faraó Quéfren.  

a esfinge que faz parte do complexo das Pirâmides de Gizé

História e significado

As Pirâmides de Gizé são mais do que simplesmente maravilhas arquitetônicas; são testemunhos da grandeza e da civilização antiga do Egito. Ao explorar esses monumentos impressionantes, você estará mergulhando na história e na cultura de uma das civilizações mais fascinantes do mundo. 

De acordo com os registros as Pirâmides de Gizé foram construída na 4° dinastia do Antigo Egito, a cerca de 2.580 a.C e a Grande Pirâmide de Quéops que é a mais majestosa, foi construída para o faraó Quéops. 

Construídas como túmulos para os faraós, refletindo a crença egípcia na vida após a morte. Elas são como representações dos raios do Sol, guiando os faraós em sua jornada para se unir ao deus Rá. A mão de obra necessária para a criação desses monumentos foi de 30 a 100 mil homens, durante 14 a 20 anos. Como foi possível mover as enormes pedras e granito, naquele período, para a construção dessas edificações gigantes ainda é um mistério. A teoria mais aceita é que foi utilizada uma espécie de trenó de toras de madeira para movimentá-las pelo deserto. Outra teoria seria a utilização da força do rio Nilo.

A maioria dos roteiros inclui entradas para o complexo, no entanto a visita ao interior das pirâmides não está inclusa. É cobrado um valor à parte, de até 440 EGP (moeda local). Conhecer a história por trás dessas estruturas monumentais irá enriquecer ainda mais sua viagem ao Egito.

roteiros relacionados

   

Veja também

   

Desvendando a majestade do Monte Ararat, na Armênia

Ler mais

5 pratos típicos para você experimentar no Egito

Ler mais

As pirâmides de Gizé: uma das maravilhas do Egito Antigo

Ler mais

Camboja, um dos destinos mais fascinantes da Ásia

Ler mais