28 de outubro de 2022

trilhas na Europa para fazer em grupo

Ter amigos aventureiros que acompanham e concordam com suas ideias de diversão já é ótimo. Agora imagina viajar para Europa com esses amigos e fazer super trilhas? Surgiriam histórias para contar por toda uma geração. Pensando sempre em dar boas dicas para os nossos leitores, separamos algumas ideias de trilha para fazer em grupo durante […]

   

Ter amigos aventureiros que acompanham e concordam com suas ideias de diversão já é ótimo. Agora imagina viajar para Europa com esses amigos e fazer super trilhas? Surgiriam histórias para contar por toda uma geração.

Pensando sempre em dar boas dicas para os nossos leitores, separamos algumas ideias de trilha para fazer em grupo durante a viagem.

Vem com a gente e saiba tudo que precisa saber.

Caminho de Santiago de Compostela – Espanha

O Caminho de Santiago de Compostela, que corta o norte da Espanha, tem sido há centenas de anos o objetivo e também o desafio de milhares de peregrinos que querem chegar à Catedral que leva o nome do santo e onde estão enterrados seus restos mortais.

O caminho clássico tem como ponto de partida o vilarejo francês de Saint Jean Pied de Port e segue cruzando alguns pontos da Europa até chegar ao destino final; o percurso tem um total de 800 km e leva em média um mês para ser percorrido. 

Sim, é isso mesmo, se quiser se aventurar e fazer o caminho completo, chama seus amigos pra academia e comece um condicionamento físico. Rs!

Calma, não precisa desistir; para quem não tem disposição física ou tempo disponível para os 800 Km, há opções mais curtas e, portanto, com bem menos tempo de duração. Vai de cada grupo selecionar o que é melhor. 

Catedral de Santiago de Compostela

Tour du Mont Blanc – França, Itália e Suíça

Parte da Trilha Tour du Mont Blanc

Esta é uma das trilhas mais famosas do mundo, principalmente para quem quer explorar tudo que há de mais bonito em termos de picos nevados; seu percurso passa por três países: França, Itália e Suíça e sua travessia acompanha o delineado dos Alpes Europeus.

Seu ponto de partida é, geralmente, a vila barroca de Notre Dame de la Gorge ou pela cidadezinha de Les Houches. 

A cidade francesa de Chamonix, que é considerada a capital mundial da vida ao ar livre, é a base principal para as atividades de modo geral, pois conta com restaurantes, lojas de esportes e charmosos cafés. 

Para fazer esta trilha precisa de bastante tempo e disposição física; diariamente há aproximadamente mil metros de subida e mais mil metros de descida, o que dá um total de 6 horas de caminhada.

Turista na trilha do Tour du Mont Blanc

Croagh Patrick – Irlanda

trilha-para-fazer-em-grupo
Croagh Patrick – Irlanda

Esta é uma montanha localizada a oeste da Irlanda e possui 764 metros de altura. O local é bastante visitado por peregrinos porque, segundo a lenda, este é o local onde São Patrício teria rezado por 40 dias e 40 noites consecutivas.

Sua subida pode ser feita em um dia e em seu topo há uma capela branca sob uma paisagem de, literalmente, tirar o fôlego.  Apesar de poder ser feita em pouco tempo, o trajeto é bem puxado e exige certo condicionamento.

Turistas na trilha para montanha Croagh Patrick

Suíça Tcheca – República Tcheca

Portão Pravcicka Brana – República Tcheca

Lar das torres gigantescas de arenito, Suíça Tcheca é um parque nacional localizado ao norte da República Tcheca, no Leste Europeu, e que ultrapassa as fronteiras até a Alemanha, onde ganha o nome de Suíça Saxônica.

Sua principal porta de entrada é Hresko, onde encontram-se trilhas marcadas pelos desfiladeiros. Com 79 quilômetros quadrados de área, tem em Hresko sua principal porta de entrada, com trilhas marcadas pelos desfiladeiros.

Através da Trilha da Gabriela e passando por paisagens incríveis, os turistas chegam ao ponto mais visitado do parque: o Portão Pravcicka Brana, maior arco de rocha da Europa.

Hresko – República Tcheca

Triglav – Eslovênia

Montanha Triglav – Eslovênia

O Parque Nacional de Triglav é um dos mais antigos da Europa e possui uma imensa área protegida. 

Lá é possível encontrar diversos atrativos culturais como os Alpes Julianos, vales, cachoeiras e lagos de águas cristalinas. 

É ali que também se encontra a montanha mais alta da Eslovênia, que dá nome ao parque, e tem 2864 metros de altitude. A escalada da Triglav é uma atividade bastante tradicional para os eslovenos e um dos maiores símbolos nacionais. 

Turistas escalando a montanha Triglav

E aí, já está com os equipamentos de trilha prontos? 

Ah, só para lembrar, o Leste Europeu é uma das nossas saídas para o ano que vem. Confira nosso roteiro e venha com a gente.

roteiros relacionados

   

Veja também

   

Uma jornada inspiradora na viagem ao Marrocos

Ler mais

Uma noite inesquecível no deserto do Marrocos

Ler mais

Desvendando a majestade do Monte Ararat, na Armênia

Ler mais

5 pratos típicos para você experimentar no Egito

Ler mais