trajes tradicionais da Coreia do Sul e seus significados

trajes-tradicionais-da-coreia-do-sul

Você conhece o significado dos trajes tradicionais da Coreia do Sul?

Os trajes orientais, de modo geral, costumam despertar muita curiosidade e admiração por sua beleza, seus detalhes e as tradições que carregam. 

O hanbock, roupa típica da Coreia do Sul, tem esse poder de chamar a atenção e nos fazer querer saber muito mais sobre o que representam para o seu povo.

Pensando nisso, preparamos este post. Leia até o fim e fique morrendo de vontade de ter um hanbock no seu guarda-roupa.

trajes-tradicionais-da-coreia-do-sul
Hanbock femininos

como os trajes tradicionais diferenciavam as classes sociais

Bem, não é surpresa ou novidade que um dos fatores que mais diferenciava as classes sociais em diferentes lugares do mundo eram as vestimentas. Só de olhar já era possível distinguir quem pertencia à aristocracia.

Na Coreia do Sul não era diferente. Nas dinastias antigas o hanbock era a principal forma das pessoas se vestirem e também de identificarem as classes a qual cada um pertencia.

A composição básica do traje é a mesma para todas as classes – a parte de cima é composta pelo jegori, uma espécie de jaqueta que cobre os braços por completo e a chima, que é uma saia; para os homens, no lugar da chima usa-se uma calça chamada baji

trajes-tradicionais-da-coreia-do-sul
Hanbock feminino
trajes-tradicionais-da-coreia-do-sul
Hanbock masculino

As cores eram um dos principais detalhes de diferenciação; amarelo, vermelho, azul e violeta eram comumente usadas pela alta sociedade, sendo também o violeta e o vermelho um símbolo para representar a realeza de cada era. 

Os tipos de tecido utilizados e bordados também eram diferentes de acordo com a classe. Os trajes da alta classe eram feitos de seda, cetim ou rami, com bordados de diferentes símbolos e brocados. 

As mulheres solteiras, para mostrar sua pureza e disponibilidade para o casamento, utilizavam um jeogori amarelo e chima vermelha; logo após o casamento, o jeogori era verde. 

Os cortesãos se diferenciavam em sua hierarquia pelas cores de seu cinto, que eram roxo, azul ou vermelho. 

Nas classes mais baixas as pessoas tinham suas roupas feitas de cânhamo e algodão brancos para o dia a dia  e para as festividades utilizavam cores como rosa claro, verde ou cinza. 

trajes tradicionais em casamentos 

trajes-tradicionais-da-coreia-do-sul
Traje tradicional de casamento

É claro que, estando no século 21, os sul coreanos não andam mais na rua com seus hanbok, utilizam roupas casuais e bastante ocidentalizadas. No entanto, nas cerimônias de casamento a tradição, originada na realeza, é mantida.  

Na Coreia do Sul é realizado um casamento nos moldes ocidentais e, depois, um evento chamado Pyebaek, celebração de casamento típica de sua cultura. 

trajes-tradicionais-da-coreia-do-sul
Cerimônia Pyebaek – cerimônia sul coreana de casamento

Para o Pyebaek, as noivas utilizam uma espécie de roupão nupcial chamado Hwalot, ou um estilo de sobretudo chamado Wonsan e uma tradicional coroa coreana chamada Hwagwan ou uma Jokwan, outro tipo de coroa.

trajes-tradicionais-da-coreia-do-sul
Jokwan – coroa típica coreana
trajes-tradicionais-da-coreia-do-sul
Traje Wonsan

Os sapatos, chamados Gotsin, possuem a estética dos calçados tradicionais, porém decorados com flores.

trajes-tradicionais-da-coreia-do-sul
Ggotsin – sapatos tradicionais coreanos

Já os noivos usam Danlyeong, um uniforme cerimonial que era utilizado pelos oficiais na Dinastia Joseon, um chapéu chamado Samo, um cinto chamado gkdae e um par de botas longas chamadas Mokhwa

trajes-tipicos-da-coreia-do-sul
Trajes do evento Pyebaek

Em alguns lugares, com os que iremos passar com nosso grupo na viagem que faremos para Coreia do Sul em 2023, é permitido experimentar alguns Hanboks e fazer fotos. Se você se apaixonou pelas tradições coreanas, confira nosso roteiro e viaje com a gente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe este post

Mais Posts

plugins premium WordPress